Os títulos de dívida soberana emitidos na sequência da reestruturação da dívida corporativa da Ematum perderam 6,9% do valor desde janeiro, contrastando com a média de 3,3% ganha pelos títulos dos mercados emergentes.

Enviado em 09/03/2019
|