A acusação descreve Bruno Langa como quem fez chegar a proposta da Privinvest a Ndambi Guebuza, para este apresentar ao pai, então Presidente da República, Armando Guebuza. Entretanto, os co-réus já ouvidos no julgamento divergem sobre o papel

Enviado em 01/09/2021
|