A Ordem dos Advogados de Moçambique acusou hoje de estar a submeter os réus a torturas psicológicas e, por isso, de estar a violar direitos humanos dos mesmos ao arrastar as sessões por mais de 10 horas consecutivas. Efigénio Baptista ouviu e de

Enviado em 17/09/2021
|