Sete dos oito arguidos ouvidos, ontem, no caso das dívidas ocultas, vão permanecer em prisão preventiva

Sete dos oito arguidos ouvidos, ontem, no caso das dívidas ocultas, vão permanecer em prisão preventiva

Enviado em 17/02/2019

 Jornal da Noite