Médicos e levam governo a tribunal para forçar pagamento de horas extraordinárias e seguro contra riscos profissionais.