Em análise: A união de facto na nova lei das sucessões