Em análise: 45% das garantias do Estado foi para empresas de alto risco