Moçambique sob alerta máximo devido a celeração das infecções pela COVID-19 que atingiu um novo record desde Março de 2020