Igrejas na cidade e província de Maputo reduzem o tempo do culto como forma de prevenir-se do coronavírus.