Mesmo após restauração da guarda-fronteira em Namaacha, há ainda quem tenta entrar de forma ilegal na “terra do rand”.